• Bárbara Merotto

Arquibancada Big Brother Brasil

Os times dos brothers e sisters da casa mais vigiada do Brasil


Natural de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro, a digital influencer Camilla de Lucas, reforça o time de flamenguistas. Nas suas redes sociais, a carioca compartilha fotos usando a camisa do time e comemora cada conquista do Mengão. Carla Diaz também é o tipo de torcedora que veste a camisa. “Aqui é Flamengo!”, declarou em uma de suas redes sociais. A sister também já compareceu em algumas partidas do time. Outra que também é declaradamente rubro-negra é Viviane, a Pocah. Figurinha carimbada nos jogos do Flamengo, a MC não dorme no ponto quando é para torcer para o time do coração. E fechando o time dos rubro-negros temos Arcrebiano. Segundo a mãe do brother, o esporte mesmo dele é o crossfit, “...nunca o vi indo em um jogo de futebol, mas sei que torce pro Flamengo”, declarou Ana Maria, quando o filho ainda estava no confinamento.


Ainda entre os times cariocas, temos uma vascaína entre as sisters. Natural de Luziânia, Thais Braz é vascaína de coração e já deixou claro logo nos primeiros dias na casa. "Quem é Vasco de verdade, é Vasco até hoje. A torcida do Vasco é raríssima", reforçou. E ao ser contrariada por Sarah dizendo que torcedor do Vasco é “vira-casaca”, Thais rebateu: "Quem dá titubeada são os outros times aí. Quem é Vasco, é Vasco até morrer".


Agora vamos aos torcedores dos times paulistas. Encabeçando a lista temos o santista Projota. Por várias vezes o cantor tentou dar um jeitinho de saber se seu time havia sido o campeão da Libertadores. Ainda no hotel, antes mesmo de entrar na casa, o rapper demonstrou a angústia em não saber do resultado da competição. “Uma das coisas das quais eu vou ficar privado, não vou poder participar, é que o meu time está na final da Libertadores, velho. Eu não vou poder nem saber quanto foi. Não vou poder saber quem ganhou. E isso é muito estranho pra mim.” Eu conto ou vocês contam?


Apesar de não postar muitas fotos com a camisa do Timão para seus 17 milhões de seguidores, a influencer digital Viih Tube, já foi vista em alguns jogos do Corinthians e também já usou as redes sociais para declarar seu amor pelo time paulista. Outro corintiano, um pouco mais aguerrido, é o cantor e ator Fiuk. Integrante do grupo Camarote no reality, Fiuk curte mesmo é uma arquibancada. O cantor já publicou diversas mensagens de apoio pela equipe paulista e declarou que um de seus maiores ídolos no futebol é o goleiro Cássio.


Quem também não esconde sua paixão pelo Tricolor Paulista é Lucas Penteado. Ao sair do confinamento, o ator lembrou que antes de entrar para o reality, seu time estava sete pontos à frente na liderança do Campeonato Brasileiro e ainda se assustou com a queda repentina de seu time na temporada. “Eu sou tricolor do Morumbi. Quando cheguei lá no BBB, achava que a gente seria campeão, sete pontos na frente na liderança. Quando sai, pensei que ia ter um título para comemorar, mas estamos oito pontos atrás do Internacional”, declarou. O São Paulo ficou como quarto colocado no Brasileirão.


Por outro lado, apesar do alto índice de rejeição, quem deve ter ficado um pouco contente (ou não...) com o desempenho do seu time no campeonato foi o eliminado Nego Di. Colorado fanático de coração, o comediante não pode ver a goleada do seu time contra o São Paulo por 5 a 1, mas com certeza acelerou os batimentos no jogo da final contra o Corinthians.


Coração dividido x sem torcida

Na arquibancada do BBB também tem aqueles que o coração é tão grande que cabem dois times. É o caso do goiano Caio e da ex-confinada, Kerline. O fazendeiro que já foi visto em estádios torcendo com a camisa do Flamengo, confessou que também torce para o Corinthians. É possível amar dois times de futebol?! Parece que sim. A cearense Kerline não esconde sua paixão pelo Vozão, o Ceará, mas parece que, assim como Caio, também tem uma quedinha pelo Timão. “Ela já acompanhou muitos jogos direto do estádio e até participou de torcidas organizadas”, explica a mãe da sister, Corcina.


Assim como no jogo, alguns preferem ficar em cima do muro. A turma dos “sem time” é formada por Gil do Vigor, Juliette Freire, Sarah Andrade, João Luiz, Rodolfo, Lumena Aleluia e Karol Conká. Esses últimos dizem não se ligarem muito em jogos de futebol. Uns vibram apenas com os jogos da Seleção Brasileira em época de Copa do Mundo enquanto outros gostam mais da farra futebolística do pós-jogo com os amigos. E você, agora que já sabe os times do coração dos brothers e sisters, vai ser clubista e mudar sua torcida no Big dos Bigs?

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Seja nosso parceiro!

E-mail: futebolporelas@hotmail.com

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle