• Alícia Soares

Semifinais do Brasileirão Feminino A1 têm início neste fim de semana

São Paulo x Avaí Kindermann e Palmeiras x Corinthians jogam a primeira partida das semis no domingo


Após jogos emocionantes nas quartas de final do Brasileirão Feminino A1, as nossas estrelas chegam às semifinais com muito estilo: São Paulo x Avaí Kindermann e Palmeiras x Corinthians, com direito a algumas zebras, após Palmeiras e São Paulo deixarem Ferroviária e Santos para trás. A fase terá a presença do árbitro de vídeo (VAR), tornando-se a primeira competição nacional a adotar o recurso no mundo.


Enquanto o Derby Paulista será o jogo destaque da competição, levando em conta a qualidade ofensiva dos dois clubes que estarão em campo, a partida entre Avaí Kindermann e São Paulo não ficará atrás, já que são duas equipes bem consolidadas e grandes favoritas ao título.


Palmeiras

Foto: @Palmeiras

Uma das surpresas deste ano e campeã da Copa Paulista do ano passado, o Palmeiras eliminou a atual campeã brasileira Ferroviária nos pênaltis nas quartas de final. Seu destaque é o setor ofensivo com as peças Carla Nunes, Rosana e Camilinha. Além delas, o técnico Ricardo Belli também dispõe de Isabella, Bianca, Ari, Vitória e Thais. A artilheira da competição é Carla Nunes com 12 gols.


Desfalques: o Palmeiras não conta com Ana, expulsa na partida de volta contra a Ferroviária nas quartas de final.

Corinthians

Foto: @SCCPFeminino

Campeã em 2018 e vice-campeã em 2019, as Alvinegras são o melhor elenco feminino da atualidade no Brasil. O Corinthians teve uma campanha impecável na primeira fase: 14 vitórias e uma derrota, com 45 gols marcados e apenas 7 sofridos. Nas quartas de final, enfrentou o Grêmio, vencendo por 3 a 0 na ida e por 2 a 1 na volta. A artilheira é Giovanna Crivelari com sete gols.


O técnico Arthur Elias está na equipe alvinegra desde 2016, quando a parceria entre Audax e Corinthians ainda existia. Conquistou as Libertadores 2017 e 2019, Brasileirão A1 2018, Copa do Brasil 2016 e Paulistão 2019. O treinador inovou no estilo de jogo da equipe e dispõem de jogadoras como Tamires, Andressinha, Gabi Zanotti, Grazi, Ingryd, Gabi Nunes, Vic Albuquerque, Gabi Portilho, Giovanna Crivelari e Adriana para compor o meio campo e o ataque de forma a manter a rotatividade da equipe.


São Paulo

Foto: @SaoPauloFC

Campeã do Brasileirão A2 do ano passado, o São Paulo veio cheio de expectativas para a elite do campeonato feminino. Entretanto, deixou a desejar na primeira fase: em sétimo lugar com 27 pontos, oito vitórias, quatro derrotas e três empates. Os destaques do time são a meia Yaya, a zagueira Thais, as atacantes Jaqueline e Duda, além de Gláucia, artilheira do time com oito gols. O técnico Lucas Piccinato está no time desde o início do projeto de adequação do Tricolor à modalidade feminina, no ano passado.


Desfalques: O São Paulo não conta com a lateral direita Giovana, expulsa na partida contra o Santos nas quartas de final.


Avaí Kindermann

Foto: @AvaiKindermann

Completando 45 anos de história em 2020, o Avaí Kindermann terminou a primeira fase na sexta posição e vem com tudo para as semifinais. Vice campeã em 2014 e bronze no ano passado, a equipe já participou sete vezes do campeonato e é campeã 11 vezes do Catarinense. Suas principais destaques são Lelê e Catyellen, também artilheiras do time, com dez e nove gols respectivamente, além da goleira titular da seleção Bárbara, da lateral Bruna e da atacante Duda. Graças a elas, o Kindermann teve o segundo melhor ataque com 39 gols e apenas 12 sofridos.


Os jogos de ida das semifinais serão no domingo (8): São Paulo e Avaí Kindermann se enfrentam às 18h e Palmeiras e Corinthians se enfrentam às 20h. Avaí Kindermann e São Paulo será no sábado dia (14) às 14h e Corinthians e Palmeiras será na segunda-feira (16) às 19h.


E aí, pra quem você vai torcer nas semifinais? Conta pra gente!

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle