Brasileiros estreiam na Libertadores da América

Na noite da última terça-feira (20), quatro clubes brasileiros estrearam na Libertadores da América. Pelo grupo B, o Internacional foi surpreendido e perdeu por 2 a 0 para o Always Ready. Na próxima terça-feira (27), o Colorado recebe o Deportivo Táchira, às 19h15 no estádio Beira-Rio.


O Santos, integrante do grupo C também foi derrotado. Jogando na Vila Belmiro, os santistas sofreram dois gols do Barcelona de Guayaquil. Na 2ª rodada, os brasileiros vão até a Argentina, onde enfrentam o Boca Juniors na Bombonera. A partida será realizada na terça-feira (27), às 21h15 da noite.


Já o São Paulo garantiu os três pontos na estreia. Os são-paulinos golearam o Sporting Cristal por 3 a 0, os gols foram marcados por Eder, Benítez e Luan. O próximo duelo pela Libertadores será na quinta-feira (29), às 21h diante do Rentistas no Morumbi.


Pelo grupo G, Vélez Sarsfield e Flamengo fizeram um duelo emocionante. Sem o atacante Pedro, que se recupera de uma lesão na coxa e o zagueiro Rodrigo Caio, suspenso após ter sido expulso diante do Racing - em jogo realizado na edição de 2020, o rubro-negro venceu os argentinos por 3 a 2, de virada.


O jogo

No início do primeiro tempo, Diego Ribas fez tabela com Everton Ribeiro e lançou para Gabigol, que não alcançou a bola. Em seguida, aos 16 minutos, Arrascaeta cobra falta para área do Vélez, a bola passa por todos e sobra para Filipe Luís que arrisca, mas o chute para na defesa. Na metade da etapa inicial, o time argentino abriu o placar com Lucas Janson após uma excelente jogada de Juan Lucero que deu um drible desconcertante em Gustavo Henrique.


Aos 30', o atacante Gabigol recebe uma bola pela esquerda, faz jogada individual e finaliza na marcação. No rebote, tenta outra vez sem sucesso. Nove minutos depois, Thiago Almada joia da equipe argentina, arrisca com chute forte na entrada da área mas, a bola vai pela linha de fundo. O time carioca exprime uma pressão pra cima do Vélez e empata o jogo aos 42'. No minuto seguinte, Everton Ribeiro perdeu a chance de virar o placar e ir para o intervalo com vantagem.


Ao final da primeira etapa o placar terminou igual, 1 a 1. No início, os dois times mantiveram suas marcações muito acentuadas. A equipe brasileira intensificou o ritmo de jogo no final e conseguiu o empate e quase virada com jogadas importantes do volante Gerson.


A segunda etapa começa e aos 5', o clube argentino já arriscou. Thiago Almada cobra falta na área do Fla com destino a Gianetti que sobe, mas cabeceia para fora. Aos 8', o Vélez sai a frente mais uma vez com Lucas Janson, 2 a 1. Os jogadores cariocas reclamaram de impedimento, entretanto, Filipe Luís deu condição ao lance.


foto: Reuters

Aos 14 minutos, Gabigol entrou driblando pelo centro da área e sofre a falta de Hoyos. Ele converte a penalidade com chute no canto esquerdo do goleiro e leva a equipe carioca ao empate, 2 a 2. O rubro-negro carioca manteve seu sistema ofensivo pressionando a equipe argentina. Aos 30', o goleiro Hoyos faz uma boa defesa em chute de Gabi e evita a reviravolta.


Apesar disso, quatro minutos depois, a linha defensiva do Vélez falha na marcação e Arrascaeta vira o placar com um chute espetacular de fora da área. O goleiro Hoyos é batido e o placar conta com o Fla a frente, 3 a 2.


A partida terminou com vitória rubro-negra, mas o que chama atenção é o sistema defensivo de ambas equipes. O Vélez entrou em campo uma linha defensiva composta por cinco jogadores e, ainda assim, deu espaço ao ataque brasileiro que aproveitou a oportunidade de iniciar a competição contabilizando três pontos. No entanto, o técnico do Flamengo enfrentou dificuldades com a falta de Rodrigo Caio, G. Henrique que foi testado em seu lugar, teve uma falha grotesca que resultou no primeiro gol do clube argentino. O terceiro reserva da zaga, Bruno Viana, também não passa segurança.


Na próxima rodada, o Flamengo fará a sua estreia no Maracanã diante do Unión La Calera. O duelo será realizado na terça-feira (27), às 19h15.



(pós jogo escrito por Kaliandra Alves dias e Lorenna Rocha)

0 comentário