• Futebol por Elas

Campeonato Catarinense será o segundo estadual a retornar no Brasil durante a pandemia

Atualizado: Jul 24

Depois de quase quatro meses, a bola vai volta a rolar no Campeonato Catarinense, a partir desta quarta-feira (8). Será o segundo campeonato a retornar no Brasil durante a pandemia. São oito equipes em busca do título estadual e outras duas que lutam contra o rebaixamento. A competição será retomada a partir das quartas de final.

Inicialmente os jogos não terão a presença do torcedor, além disso, outras medidas de segurança e prevenção ao coronavírus serão adotadas, como o limite máximo de 100 pessoas por partida, incluindo a delegação dos times e imprensa, e a realização de testes em todos os profissionais envolvidos no jogo.


Confrontos

O jogo que abre o retorno do Campeonato Catarinense, acontece no Sul do estado, no estádio Heriberto Hülse, quando Criciúma recebe o Marcílio Dias. A partida está marcada para às 19h. Pouco depois, às 20h30, a Chapecoense recebe o Avaí, na Arena Condá.

Encerrando a primeira noite das quartas de final, tem duelo no Norte catarinense. Um jogo de muitas cores, colocando frente a frente o Joinville e Brusque. A partida está marcada para às 21h, na Arena Joinville.

Já na quinta-feira, Juventus e Figueirense entram em campo às 15h. O estádio João Marcatto, em Jaraguá, teve problemas no sistema de iluminação com a passagem do ciclone bomba que afetou Santa Catarina na última terça-feira. Por isso o jogo passou para a parte da tarde.

Quarta-feira (8):

  • Criciúma x Marcílio Dias, 19h, Heriberto Hülse - transmissão da FC Play.

  • Chapecoense x Avaí, 20h30, Arena Condá - transmissão do GloboEsporte.com

Quinta-feira (9):

  • Juventus x Figueirense, às 15h, João Marcatto - transmissão da FC Play.

  • Joinville x Brusque, às 19h, Arena Joinville - transmissão do FC Play.

Os jogos da volta já estão marcados para a semana seguinte. Todas as partidas serão no domingo, 12 de julho, em horários a partir das 11h da manhã até às 21h.


Domingo (12):

  • Marcílio Dias x Criciúma, às 11h, Dr. Hercílio Luz - transmissão da FC Play

  • Avaí x Chapecoense, às 16h, Ressacada - transmissão da NSC TV

  • Figueirense x Juventus, às 18h, Scarpelli - transmissão da FC Play

  • Brusque x Joinville, às 21h, Augusto Bauer - transmissão da FC Play


Antes da pandemia

O Campeonato Catarinense foi repaginado para 2020. A competição mudou de formato, passando a ser disputada em jogos apenas de ida na fase classificatória. Foram nove partidas, com a rodada final disputada no último dia 15 de março.

A colocação da primeira fase definiu os jogos da fase mata-mata. O 1º colocado enfrenta o 8ª, o 2º enfrenta o 7º colocado, o 3º enfrenta o 6º colocado e 4º enfrenta o 5º colocado. A vantagem dos times com melhor campanha é poder decidir a vaga fazendo o jogo da volta em casa.

A liderança geral ficou com o Avaí na última rodada, que conquistou 17 pontos ao todo. O Brusque teve a mesma pontuação, mas ficou em segundo lugar por conta do critério de saldo de gols. Foram 13 marcados e nove sofridos, diferente do Leão que marcou 12 e sofreu seis.

Figueirense e Marcílio Dias completam o G4, ambos com 15 pontos. O Alvinegro também levou a melhor por conta do saldo de gols e terminou em 3º lugar. Enquanto o time marcou oito gols e sofreu cinco, mantendo o saldo em três, o Marinheiro zerou o saldo com nove gols sofridos e nove marcados. As quatro equipes jogam a volta em seus estádios.

A sequência da tabela ficou com Criciúma em 5º lugar, Juventus em 6º, Joinville em 7º e a Chapecoense na 8ª colocação. Já Concórdia e Tubarão, que ficaram em 9º e 10º lugar, respectivamente, fazem o jogo do rebaixamento.

Como estão os times

Ralf é contratado pelo Leão (Leandro Boeira/AFC)

Avaí: o time da capital aproveitou a parada no campeonato para reforçar o elenco. Anunciou o retorno do meia Renato, que estava na Chapecoense, e também confirmou a contratação do volante Ralf, ex-Corinthians. Além disso, promoveu quatro atletas da base, o volante Luan, o meia Thiaguinho e os atacantes Tucão e Luis Eduardo. As baixas no elenco avaiano, ficam por conta do lateral-direito Igor Fernandes que se transferiu para o CSA e do Gustavo Poffo, que foi emprestado ao Juventus-SC.


Brusque: a equipe do Vale tem apenas uma baixa no elenco, o lateral esquerdo José Carlos. Em compensação, outros jogadores chegaram, como o centroavante, Johnny, o lateral-esquerdo Ronaell, o meio-campo Eliomar e o atacante Fabinho. Destes, apenas o meio campista Eliomar não pode atuar, pois ele era jogador do Tubarão antes da parada.


Chapecoense: durante a parada, o time do Oeste teve algumas baixas, os jogadores Ari Moura, que estava emprestado ao Verdão, e Marcos Vinícius foi liberado. Chegaram os zagueiros Luiz Otávio e Felipe Santana, os laterais Rafael Santos e Busanello, o meio-campo Denner, o volante Willian Oliveira, e os atacantes Régis e Fernandinho. A Chape também deu chance para três atletas das categorias de base, que é o caso dos zagueiros Matheus Baseggio e Tiago Coser. Além disso, o técnico Umberto Louzer não poderá contar com Alan Santos, que rompeu o tendão de Aquiles; Vini Locatelli que fraturou um dedo; Foguinho com um entorse no tornozelo; e Fernandinho que rompeu o ligamento cruzado e passará seis meses fora.

Concórdia: as baixas foram muitas no Galo do Oeste. O time não tem mais a disposição os jogadores Odair, Luiz Antonio, Silvio Walenga, Neilson Junior, Tito, Jean Lucas, Vinicius de Araujo, Talysson Machado, Wesley, Icaro de Souza e Cadu Padilha. Já os atletas Cleber de Sousa e Rafael Furtado tiveram o contrato renovado. Um dos destaques da competição, o atacante Moisés Vieira foi emprestado para a Ponte Preta, mas ele ainda fará as duas partidas contra o rebaixamento.

Criciúma: para a sequência do campeonato, o Tigre contratou o zagueiro Maurício Barbosa e o meia Jean Dias. Mas outros atletas chegaram para a disputa da Série C, que são os casos do zagueiro Carlos Alexandre e do meia Jean Carlos, que eram de Tubarão e Concórdia, e não podem servir outro clube do estadual. O atacante Taylon teve o contrato rescindido.

Figueirense: o Furacão confirmou as contratações dos atacantes Gabriel Lima e Paulo de Souza, mais conhecido como Keké. Junto com o Internacional acertou a renovação do atacante Pedro Lucas, pelo menos até o fim da temporada. O meio-campo João Diogo teve seu contrato rescindido e o coordenador de futebol Felipe Gil, pediu desligamento do clube. Além disso, o ex-jogador Luciano Sorriso assumiu a vaga de gerente de futebol.


Joinville: no Tricolor, três jogadores tiveram o vínculo renovado, são eles, o atacante Adriano, o volante Berg e o zagueiro Eduardo Melo. O técnico Fabinho Santos também ganhou novos reforços, como o meia Zezinho, ex-Athletico e Santos, e o lateral-esquerdo Mayk, cedido pelo Bahia.

Juventus: no time de Jaraguá do Sul, foram anunciados dois reforços para a sequência da competição. O atacante Gustavo Poffo, de 22 anos, chega emprestado pelo Avaí. Já o volante Allan Christian, de 26 anos, é formado nas categorias de base do São Paulo. A diretoria do Moleque Travesso prolongou o contrato de 20 jogadores durante a pausa do estadual. Do elenco que começou a competição, cinco atletas não tiveram os vínculos estendidos. O lateral Anderson Pico, o meia Marcos Vinicius e os atacantes Lucas Gadelha, Juliano Levak e Tulio Renan.


Marcílio Dias: no Marinheiro, o meia Giba e o goleiro Douglas Baldini tiveram contrato rescindido, porém, ambos estavam emprestados para outras equipes. O contrato do goleiro Luis Carlos chegou ao fim e não foi renovado. Já o arqueiro Vitor Prada, os atacantes Roberto Pítio e Medina, os laterais Jerffeson Recife, Rodrigo Ferreira e o volante Diego Silva tiveram seus contratos renovados. O Rubro Anil contratou em definitivo o atacante Léo Santos, que estava no clube por empréstimo, e trouxe o atacante Hélio Paraíba. No Catarinense do ano passado, Paraíba foi artilheiro pelo Brusque. O contrato do técnico Moisés Egert também foi renovado até 2021. O comandante, porém, é baixa na estreia por ter testado positivo para coronavírus.


Tubarão: Após o pedido de desligamento do técnico Pingo, o Peixe tem novo treinador para a sequência da temporada. Trata-se de Isaque Pereira, que comandava as categorias de base do sub-20. Os jogadores que tinham contrato com encerramento até o dia 30 de abril, não tiveram seus vínculos renovados, como foram os casos de Lee, Eliomar, Parrudo, Gileard e Davi Lopes. O time que irá enfrentar o Concórdia deve ser formado por jogadores oriundos das categorias de base do clube.

*Informações exclusivas do repórter César Augusto da Rádio Cidade de Tubarão.
A pergunta que fica é: como será que os times catarinenses irão se comportar após meses parado?! Essa resposta só vamos ter de fato quando a bola voltar a rolar no primeiro jogo que acontece a partir das 19h, desta quarta-feira. 

Enquanto isso, a gente fica na expectativa para que o retorno seja seguro para todos os envolvidos, e possa ser uma distração e entretenimento para que as pessoas fiquem em casa e possamos superar esse momento o quanto antes. 

*Matéria assinada por Márcia Becker e Millena Pscheidt

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle