• Gabriele Módolo

Categoria de base: as origens das estrelas de futebol

Atualizado: Jul 24

Muitos meninos e meninas sonham em serem jogadores de futebol, mas este desejo requer muitos esforços desde a infância para poder se tornar real e adquirir estabilidade financeira. Mudar de cidade, deixar de viver com os pais, treinar e jogar aos finais de semana, são alguns dos requisitos para quem quer se tornar jogador profissional.


No Brasil, a maioria das “estrelas” da bola foram lapidadas em categorias de base. Estas surgiram na década de 60 com o objetivo de formar atletas. É nesse período que os jogadores têm seu primeiro contato com treinamentos físicos, táticos e esquemas de jogos. Nesta fase, o treinador também realça algumas habilidades e concerta algumas imperfeições.


Foto: Flávio Neves

O treinamento dos atletas é dividido conforme sua categoria que vai do sub8 até o sub20. Além disso, muitos clubes possuem alojamentos onde os jogadores que não moram na cidade e não possuem condições financeiras para se sustentar, podem morar.


Alguns atletas destacam-se precocemente, e acabam, subindo de categoria por suas habilidades. Relembre alguns:


- Everton Ribeiro foi revelado pelo Corinthians como lateral-esquerdo e teve poucas oportunidades no clube, foi emprestado por quase três anos para o São Caetano;


- Roberto Firmino é um dos principais atacantes do mundo. O craque se destacou na Série B, com apenas 18 anos, com a camisa do Figueirense. Logo depois, partiu para a Europa rumo ao Hoffenheim, da Alemanha;


- Kaká surgiu nas categorias de base do Tricolor Paulista e foi no Milan que se tornou o melhor do mundo em 2007;


- Neymar. Não é preciso pesquisar muito para descobrir que o Santos é formador de estrelas. Pelé, Robinho e Neymar.


Mas como ficarão os campeonatos de base com a pandemia da Covid-19? Ainda não há previsão de volta desses torneios. Os clubes formadores de atletas não querem aglomerar adolescentes sem antes ter uma vacina ou medicamento eficaz para o combate da doença. O que nos resta é esperar as decisões para 2021.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle