• Carla Dayube Nunes

Como nascem os gigantes

Atualizado: Jan 16

Fluminense Football Club deu abrigo para jovens entre 13 e 18 anos, mantidos em cárcere privado sob a falsa promessa de jogarem futebol nos grandes clubes cariocas.


O que aconteceu

Policiais da 61ª DP (Xerém) libertaram, na terça-feira (08), 13 adolescentes mantidos em cárcere privado em um sítio em Duque de Caxias, em Xerém, na Baixada Fluminense. De acordo com as investigações, Jorge Valnei dos Santos prometia aos meninos e seus familiares a realização de um grande sonho: jogar em um grande clube de futebol.


(foto: Secretaria de Estado da Polícia Civil)

A operação aconteceu por meio de uma denúncia inicial, de que jovens estavam sendo mantidos em cárcere em um sítio e, logo após comunicação do Conselho Tutelar, a polícia entrou em campo. De acordo com o delegado titular, "os menores são provenientes de diversos estados, como Alagoas, Paraná, Amazonas, Goiás e Paraíba".


Foi constatado que o espaço onde os jovens foram encontrados não era adequado e não tinha permissão para funcionamento. Além de terem sido encontrados trancafiados, a polícia verificou que o “responsável” detinha os documentos pessoais dos meninos, e que os mesmos não tinham acesso à escola, atendimento médico ou oportunidades de atuação profissional.


Levados pelas falsas promessas de Valnei, e buscando melhores oportunidades e meios de realizar os sonhos dos filhos, os pais entregavam um documento para que o oportunista tivesse uma guarda provisória dos meninos. Os pais ainda pagavam a quantia de R$500,00 para que seus filhos ficassem trancafiados sem qualquer proteção contra incêndio ou iluminação, além de contato controlado com os parentes.


Jorge Valnei dos Santos foi preso no dia 08 de dezembro, em flagrante. Entre os crimes investigados estão supressão de documentos, cárcere privado e estelionato.


Quando a base é boa...

Em entrevista para o site Explosão Tricolor, o presidente do clube, Mário Bittencourt, afirmou categoricamente que "há alguns dias fomos informados pelas autoridades competentes de que a operação policial iria acontecer e fomos procurados, pois os meninos ficariam sem um lugar apropriado para ir, de acordo com o Conselho Tutelar. Coloquei toda a equipe de Xerém à disposição das autoridades para que a gente pudesse receber essas crianças no nosso alojamento. Ficamos felizes em poder contribuir com estas crianças e seus familiares, o Fluminense tem uma responsabilidade social enorme e, com o belíssimo trabalho que fazemos no nosso CT em Xerém, não poderíamos fazer nada de diferente a não ser acolher e ajudar estes meninos no que eles necessitarem".


Localizado em Xerém, com uma área de mais de 120 mil m2, o Centro de Treinamento Vale das Laranjeiras oferece uma estrutura com sete campos, sendo um de grama artificial, academia, dormitório para 90 atletas, além de salas de psicologia, nutrição, departamento de fisiologia, auditório, refeitório, sala de metodologia, desempenho para desenvolver da melhor forma possível o futebol de seus jogadores.


Com um centro de treinamento que é referência no Rio de Janeiro e único clube com um CT específico para as categorias de base da cidade, o Fluminense decidiu abrigar os jovens e fazer peneiras em prol do sonho de virar jogadores profissionais. Além de serem testados para Covid-19, os meninos estão sendo assistidos por psicólogos e médicos, enquanto o contato com as famílias está sendo feito pelo Conselho Tutelar.


(foto: Mailson Santana / F.F.C)

Xerém tem como propósito fazer pessoas melhores para que sejam jogadores melhores. Sua missão é formar em excelência atletas de futebol no âmbito social, esportivo e humano. Tem como visão ser referência na identificação, desenvolvimento e revelação de jogadores profissionais de futebol até 2022. Entre seus valores, destacam-se a meritocracia, criatividade, respeito, espírito de equipe e comprometimento.


Conforme brilhantemente relatado no site Futebol por Elas, o caso de Luiz Eduardo ganhou repercussão na noite desta quinta-feira (17) e gerou indignação nas redes sociais. Em um vídeo, o garoto de apenas 11 anos, do Uberlândia Academy, aparece aos prantos relatando ter ouvido injúrias raciais durante um jogo da categoria sub-11 da Caldas Cup, torneio infantil de escolinhas, em Caldas Novas, interior de Goiás.


Lucas Calegari, lateral-direito do Fluminense, procurou os observadores da base do clube para contar a história de Luiz Eduardo, que irão entrar em contato com o garoto. O Tricolor carioca entrou em contato com o Uberlândia Academy, equipe em que o menino atua, para buscar informações no intuito de viabilizar uma avaliação na categoria de base do clube no Rio de Janeiro.


É certo afirmar que, há algum tempo, o clube não tem agradado sua torcida com títulos, mas são essas atitudes que tornam os Tricolores orgulhosos. Muito mais do que títulos, as conquistas fora de campo. E essa atitude só aumenta o placar da história do clube. Xerém, grande máquina de craques como Thiago Silva e Marcelo, está mais uma vez escrevendo capítulos novos, com histórias de superação e incentivo para a nova geração do futebol.


A melhor forma de medir o quanto você cresceu este ano não é em velocidade da bola ou no número de vitórias, gols que você consegue fazer em uma partida de futebol, pelo menos não somente. Embora essas coisas sejam importantes, com certeza. E o que você faz com o seu tempo, como você escolheu passar seus dias, e quem você tocou esse ano. Essa, para mim, é a grande medida do sucesso.


Não são só de títulos e vitórias que são feitos os gigantes. São suas ações, atitudes diante as adversidades, a solidariedade, a verdadeira manifestação de empatia, humanidade e dignidade. Coragem. Gentileza. Caráter. Essas são as qualidades que nos definem como seres humanos, e nos impulsionam, ocasionalmente, à grandeza.


Dizem que o Fluminense não é grande, e nisso eu concordo. Por sua história, tradição e pelo seu presente, já dizia Nelson Rodrigues: “Grandes são os outros, o Fluminense é enorme. [...] Se quereis saber o futuro do Fluminense, olhai para o seu passado. A história tricolor traduz a predestinação para a glória.”

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle