• Alícia Soares

Confira como estão as datas para as eliminatórias da Copa de 2022

A Fifa adiou as eliminatórias da Concacaf, da CAF e da AFC, mas manteve as datas da Conmebol e da UEFA


Devido ao momento que estamos vivendo, a volta das competições esportivas está acontecendo gradativamente. Alguns campeonatos nacionais já tiveram seus retornos sem público, e a Champions League retornou com protocolos rigorosos. No caso da Copa do Mundo da Fifa, que terá sua próxima edição em dezembro de 2022 no Catar, também trabalha para o retorno gradativo das eliminatórias: enquanto as da Concacaf, da CAF e da AFC foram adiadas, as datas da Conmebol e da UEFA foram mantidas.


O sorteio dos grupos do Mundial do Catar foi remarcado para o fim de abril e a repescagem ocorrerá em junho. Em relação ao Mundial de Clubes da Fifa, que aconteceria pela primeira vez em novo formato quadrienal e ocorreria em junho de 2021, foi adiado sem previsão de data.


Concacaf (América do Norte e Central)

Foi realizado o sorteio das eliminatórias ontem e a confederação realizou mudanças na forma de disputa e de classificação: o torneio terá três etapas e dará três vagas diretas para a Copa do Catar, além de uma vaga na repescagem mundial. A primeira parte das eliminatórias será disputada com seis grupos de cinco seleções, excluindo os cinco melhores no ranking da Fifa até o dia 16 de julho deste ano. Cada equipe enfrentará uma vez os adversários do grupo, sendo duas partidas em casa e duas fora, em outubro e novembro de 2020 e os líderes de cada grupo se classificarão para a fase seguinte.


A segunda fase ocorrerá a partir de março de 2021 em jogos de ida e volta entre os líderes dos grupos - o líder do grupo A enfrenta o do grupo F, o líder do grupo B enfrenta o do grupo E e o líder do grupo C enfrenta o do grupo D. Os classificados vão para a terceira fase que conta com os cinco melhores do ranking: Honduras, Estados Unidos, Costa Rica, México e Jamaica.


Na terceira e última fase, esses oito times se enfrentam entre si (disputa octogonal) em partidas fora e em casa entre junho de 2021 e março de 2022. As três primeiras colocadas garantem a vaga direta para o Catar e a quarta vai para a repescagem.


Os times favoritos para a classificação são Estados Unidos, que conta com algumas jovens promessas como Pulisic e Tyler Adams, o México, seleção tradicional em Copas, e Costa Rica, "zebra" que vem se classificando e destacando nas últimas competições mundiais.


CAF (África)

A confederação africana adiou as datas das eliminatórias para a partir de junho do ano que vem, antes estava cotada para outubro deste ano. A disputa da fase de grupos ocorrerá em cinco meses em quatro janelas de competição com duas partidas em cada: 31 de maio a 5 de junho, 30 de agosto a 7 de setembro, 4 a 12 de outubro e 8 a 16 de novembro.


A CAF modificou o formato da eliminatória no ano passado, os grupos que antes eram cinco passam a ser dez e os vencedores de cada chave se enfrentam em jogos de ida e volta para definir os cinco classificados para o Mundial de 2022.


Senegal, Nigéria, Gana, Argélia e Egito são as seleções mais tradicionais e favoritas às cinco vagas de classificação.


AFC (Ásia)

Só teve uma rodada de eliminatória e a competição foi adiada para 2021, ainda sem datas previstas de retorno. As seleções favoritas para as vagas são Japão, Irã, Coreia do Sul e Austrália, além da vaga já garantida ao país sede, Catar.


Conmebol (América do Sul) e UEFA (Europa)

A Fifa definiu o retorno das eliminatórias europeias e sul-americanas para setembro e outubro deste ano e até então não houve modificações no formato. No caso da Conmebol, caso as datas sejam adiadas para a partir de novembro, existe a possibilidade de mudanças no formato para adequar ao tempo corrido até a data da competição: as eliminatórias podem ocorrer em dois grupos com cinco seleções e todas jogariam entre si dentro de suas chaves, com as duas primeiras colocadas de cada grupo sendo diretamente classificadas e as duas terceiras colocadas disputariam entre si a oportunidade da repescagem contra uma equipe da Oceania.


Os favoritos da Conmebol são as seleções mais tradicionais: Brasil, Argentina, Uruguai e Colômbia, com Chile e Peru podendo surpreender. No caso da UEFA, a lista é um pouco maior em concomitância ao número de vagas (13): as tradicionais Alemanha, Inglaterra, Espanha, Itália, França e Holanda, além das jovens e promessas Bélgica, Croácia, Suíça, Dinamarca, Suécia, Polônia e País de Gales.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle