• Nathalia Fanti

Derby Paulista: relembre a primeira partida do maior clássico de São Paulo

Nesta quinta-feira (10), Corinthians e Palmeiras se enfrentam pela primeira vez no Brasileirão 2020, às 19h15 (horário de Brasília), na Neo Química Arena. A última vez que as duas equipes se enfrentaram foi na final do Paulistão em 8 de agosto, mas e a primeira vez do Derby, você se lembra?


(foto: divulgação)

06 de maio de 1917

O dia que lançou uma das maiores rivalidades do futebol nacional e mundial. Na época o Palmeiras, era chamado de Palestra Itália e o Corinthians já tinha seu nome oficial. O duelo só se tornou possível graças a união dos dois rivais, após a solução de uma divisão nos bastidores da organização do futebol paulista. Naquele momento o campeonato estadual vivia uma crise em seu comando, com uma série de conflitos entre a Liga Paulista de Foot-Ball (LPF) e a Associação Paulista de Esportes Atléticos (APEA), as duas entidades organizadoras da competição.


Desde 1902 o torneio paulista era comandado e organizado pela LPF, e assim foi por dez anos até que a entidade começou a ter diversos problemas como: o descontentamento de várias equipes; a polêmica sobre quais estádios poderiam receber as partidas e a falta de espaços na competição para os chamados “varzeanos”, clubes que não representavam a elite paulistana. Só que a partir de 1913, a APEA entrou na disputa com um regulamento mais inclusivo, o que resultou no encerramento das atividades da LPF. Com isso, o modelo do Estadual foi reformulado e pela primeira vez Palmeiras, Corinthians e Santos estiveram juntos na mesma competição.


O confronto valia pela terceira rodada do campeonato paulista, e o Palestra acabou aplicando o placar de 3 a 0 graças a Caetano Izzo, o primeiro herói de um derby. Com apenas 19 anos o jogador fez o hat-trick deste primeiro confronto, e depois atuou em mais 12 clássicos com sete gols ao todo.Por outro lado, o Corinthians estava invicto há três anos, em 25 partidas, mas acabou caindo para o rival. E foi a partir daquele dia, que o Derby Paulista ou simplesmente O Derby, foi inserido no estado de São Paulo. Foi o jornalista Tomás Mazzoni quem batizou a rivalidade como O Derby, em referência à mais importante corrida de cavalo do mundo, o Derby de Epsom.


Com uma trajetória de respeito, rivalidade e fanatismo, até hoje, as duas equipes já se enfrentaram 366 vezes, com 127 vitórias do Verdão, outras 128 do Timão, além de 111 empates. O time alviverde já balançou as redes 519 vezes e sofreu 484 gols. Por outro lado, o Palmeiras usa uma contagem diferente por considerar duelos do extinto Torneio Início (que tinha duração de 15 minutos) e da Taça Henrique Mündel de 1938. Assim, nas contas do Verdão, são 131 vitórias alviverdes, 116 empates e 130 vitórias alvinegras.


Brasileirão x Paulistão

Pelo Campeonato Brasileiro, o retrospecto também é equilibrado: 17 vitórias do Corinthians contra 17 do Palmeiras, além de 19 empates. O Palmeiras, balançou as redes mais vezes: 64 a 54. Levando em conta apenas os duelos pelo Campeonato Paulista o equilíbrio também é grande, mas a vantagem é do Corinthians: 79 triunfos, 65 empates e 70 derrotas. O Verdão, porém, foi quem mais balançou as redes: 299 contra 284 do time alvinegro.


Allianz Parque x Neo Química Arena

O Allianz Parque já recebeu oito dérbis e a vantagem é alvinegra: quatro vitórias, dois empate e duas derrotas. O Timão já marcou nove gols contra seis do Verdão. No Palestra Itália, o Palmeiras teve mais triunfos: 21 a 11, além de oito empates. O time alviverde marcou 72 gols e sofreu 43.


Já no Itaquerão, mais recente nomeada Neo Química Arena, o equilíbrio também é grande: e 12 jogos são seis vitórias do Timão, três empates e três triunfos do Palmeiras. Os alvinegros balançaram as redes 13 vezes, contra dez dos alviverdes.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle