Eurocopa, como surgiu uma das competições mais tradicionais do futebol

Atualizado: Jul 24

A comemoração dos 60 anos da Eurocopa, terá novidades. Pela primeira vez em sua história, a competição terá 12 países-sedes e irá reunir 24 seleções. A 16ª edição que seria realizada em 2020 foi transferida para 2021, devido a pandemia causada pela Covid-19. No próximo ano, a competição europeia terá início dia 11 de junho e terá a sua final sendo realizada dia 11 de julho - no estádio de Wembley, em Londres. Apesar da mudança no ano da realização, a UEFA informou por meio de uma rede social, que a Euro continuará sendo chamada de Euro20.


Como surgiu a Eurocopa?

Em 1927, o francês Henri Delaunay, secretário geral da Federação, sugeriu a Fifa a ideia de um campeonato europeu envolvendo as principais seleções europeias. A ideia inicial seria uma competição que deveria ser disputada junto com a Copa do Mundo - onde as eliminatórias seriam realizadas a cada dois anos.


Na época, A Fifa temeu que a nova competição tirasse o foco e também o interesse pelos Mundiais, e como ainda não havia sido criada uma federação europeia, a ideia acabou sendo escanteada.


União Soviética conquistou o título em 1960

Com a fundação da UEFA em 1954, Henri tornou-se o secretário-geral e a ideia da criação foi levada a diante, mas com algumas alterações. A primeira delas foi diminuir o número de participantes e também a competitividade com a Copa do Mundo. Com isso, a Taça das Nações Europeias foi lançada oficialmente em 1958 - com as eliminatórias. A fase final da competição só aconteceu em 1960.


O formato com país-sede

Em 1980, o número de seleções participantes da Eurocopa aumentou para oito. Além disto, também foi decidido que a competição seria realizada em um país-sede com fase de grupos e mata-mata. Em 1996, foram 16 equipes e em 2016, foram 24 seleções participantes.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle