• Giulia Prata

Flamengo devolve goleada e se classifica às oitavas da Libertadores

Deu tudo certo para o Flamengo na noite da última quarta-feira (30), e pode respirar aliviado o torcedor rubro-negro. Passando por diversos contratempos, como o desfalque de grande parte dos jogadores titulares, Flamengo assumiu a liderança do grupo A e se classificou para as oitavas de final da Libertadores.


O time rubro-negro recebeu o Independiente del Valle no Maracanã para disputar a penúltima partida pela fase de grupos da Libertadores. Com uma postura bem ofensiva e zaga segura, Flamengo devolveu a goleada sofrida pelo Del Valle no Equador.


O time carioca vive um momento tenso e cada jogo é como uma incógnita para os torcedores. Com boa parte do elenco afastada por COVID-19 e lesão, Flamengo precisou recorrer ao talento dos meninos da base. E não é que deu certo?


O pedido dos torcedores foi atendido e Flamengo escalou Hugo Neneca no gol. O goleiro da base arrancou suspiros no último domingo (27) na partida contra o Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro e hoje ele pode confirmar que não era apenas um bom dia e sim muito talento e preparo.


Para completar o setor defensivo, Jordi Guerrero, segundo técnico do Flamengo que assume o comando enquanto Domènec cumpre quarentena, escalou Matheuzinho, Noga, Natan e Ramon. Ou seja, Flamengo foi a campo com uma defesa praticamente sub-20. As posições mais ofensivas ficaram por conta de Thiago Maia, Gerson, Arrascaeta, Lincoln, Pedro e Gabigol, que voltou depois de um tempo afastado por lesão.


O jogo já começou quente, com grandes oportunidades e chutes a gol. Hugo Neneca, muito exigido no primeiro tempo, precisou defender grandes chutes, um deles ao 24’, em uma excelente cobrança de falta do time equatoriano.


(foto: Staff Imagens | Conmebol)

Para selar a paz com os rubro-negros, Lincoln, que pode se despedir do Flamengo nos próximos dias, desencantou e abriu o placar para o Flamengo aos 26,’ com assistência de Matheuzinho.


Após contra-ataque e assistência generosa de Gabigol, Pedro marcou o segundo gol aos 31’. O camisa 9 do Flamengo tinha condições suficientes para chutar a gol, mas optou por tocar para Pedro, que estava sozinho. Seria essa uma boa resposta para quem muito questionou a escalação de Jordi Guerrero, com Pedro e Gabigol no ataque simultaneamente. Funcionou legal!


Aos 42’, Gabigol deixou o campo ao se lesionar e foi substituído por Bruno Henrique. O camisa 9 do Flamengo deixou o campo reclamando bastante do gramado do Maracanã. Com razão! O gramado é uma ferramenta de trabalho para os jogadores e influencia drasticamente nas partidas.


Flamengo seguiu o jogo ganhando muitas divididas com o time equatoriano e concluiu o primeiro tempo com a vantagem de dois gols.


Início de segundo tempo e, com passe de Ramon, Bruno Henrique que também estava retornando no jogo de hoje, marcou o terceiro gol, aos 6’. O jogador estava há quase 3 meses sem marcar.


Matheuzinho, que fez uma grande partida, saiu para entrada de Isla e Flamengo seguiu aproveitando todas as oportunidades. Aos 27’ do segundo Arrascaeta mandou um belo passe para Bruno Henrique marcar o quarto gol do Flamengo e o segundo dele na partida deixando, assim, o Flamengo a um gol de devolver os cinco gols sofridos no Equador.


Aos 33’, Jordi fez mais duas substituições. Pedro saiu para entrada de Michael, e Thiago Maia foi substituído por Diego. Nos últimos minutos de jogo, com o elenco rubro-negro já cansado, a partida esfriou um pouco e Independiente del Valle teve mais chances de marcar. Mas Neneca bloqueou todas elas. Será que o menino já merece ser o primeiro reserva do time principal? Eu assinaria embaixo!


Fim de jogo, placar de 4 a 0 para o Flamengo, que assumiu a liderança do grupo A. Grande mérito dos jovens da base que entendem o peso da camisa rubro-negra e estão fazendo um excelente trabalho.


Também pelo grupo A, Barcelona de Guayaquil jogou contra Junior Barranquilla, terminando a partida com o placar de 2 a 0 para o Barcelona. Os dois resultados da noite garantiram a classificação do Flamengo para as oitavas de final da Libertadores. Mesmo classificado, o rubro-negro vai receber Junior Barranquilla, no Maracanã, dia 21 de outubro, para a sexta e última partida pela fase de grupos.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle