• Giulia Prata

Flamengo e Jorge Jesus: um custo ou investimento?

Atualizado: Jul 24

Madrid, 1º de Junho de 2019. Há um pouco mais de um ano, Rodolfo Landim e Jorge Jesus se encontravam na capital espanhola para que o português assinasse o contrato como novo técnico do Flamengo. Ali, começava uma nova história, um novo conceito.


Próximo ao vencimento do contrato, que expiraria em 19 de junho de 2020, se iniciaram os rumores da renovação com Jorge Jesus. O enfrentamento do novo coronavírus transformou o cenário do futebol brasileiro e, freou, inclusive, o acordo entre Flamengo e Jorge Jesus. Depois de muitos capítulos, a novela teve um final feliz para os torcedores que desejavam a permanência de Mister.


Por meio do Instagram, Jorge Jesus anunciou: “digam à nação que fico”, queimando a largada antes do anúncio oficial do clube que, teoricamente, vai acontecer nesta sexta-feira (5). No novo contrato foi acertado o reajuste de 10%, que equivale a cerca de 4 milhões de euros até o final do contrato, renovado até junho de 2021.


O custo de Jorge Jesus para o Flamengo levantou um debate: seria um casamento caro ou realmente valioso para o clube? Para chegar a uma resposta, basta fazer um balanço entre os custos e os títulos conquistados pelo Flamengo no comando de JJ, até então. Além dos 5 títulos, o escopo montado por Jorge Jesus rendeu milhões aos cofres do rubro-negro.


Um novo desenho tático, um time completamente ofensivo, títulos extremamente importantes e acontecimentos históricos, os quais o Flamengo não vivia há quase 40 anos. Estádios lotados, recorde de público pagante em diversos jogos, crescimento do número de sócios-torcedores, satisfação dos patrocinadores e valorização dos jogadores. Pescou aí a resposta?


Em geral, dentro da realidade do futebol brasileiro, Jorge Jesus pode ser considerado um custo caro demais sim, mas dentro da realidade do Flamengo, paga-se um preço justo e compatível, como recompensa a tudo que ele proporcionou ao Flamengo em um ano que está à frente do clube. E, claro, como esperança de que o cenário pode continuar sendo propício para o Fla.


Há muitos anos, o Flamengo não era comandado por um técnico que rendia tantos números positivos ao clube. Por isso, não restam dúvidas de que Mister é investimento e não custo para o rubro-negro.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle