Flamengo estreia com vitória na Libertadores

Atualizado: 24 de Jul de 2020

O atual campeão da Libertadores da América, Flamengo, estreou nesta quarta-feira (4) sua participação na edição 2020 da competição. Os rubro-negros jogaram sua primeira partida no Metropolitano Barranquilla, na Colômbia, contra o dono da casa, Junior Barranquilla, que na edição 2019 não avançou para às oitavas de final, deixando a competição ainda na fase de grupos. Completando o Grupo 1 da Libertadores, estão Independiente del Valle e Barcelona de Guayaquil, ambos do Equador, que também estrearam nesta noite, em um jogo com vitória tranquila dos atuais campeões da Sul-Americana.


Para alegria da nação rubro-negra, o jogo foi transmitido na TV aberta no Brasil. Em 2020, o único jogo que havia sido transmitido anteriormente foi o confronto em jogo único na decisão da Supercopa, contra o Athlético Paranaense. Mas como futebol não é só feito de alegrias, o Flamengo estreou sem quatro jogadores principais de seu elenco: Rafinha, Rodrigo Caio e Bruno Henrique, devido à lesões, e Willian Arão, cumprindo suspensão pelo cartão vermelho recebido no segundo jogo da Recopa, contra o Independiente del Valle, que também será um adversário na fase de grupos da Libertadores.


Apesar de ser o primeiro jogo das duas equipes na competição, a partida já começou em ritmo de Libertadores. Nos primeiros quatro minutos de jogo, o Flamengo já havia tentado duas finalizações de fora da área. A pressão surtiu efeito, e aos cinco minutos, o capitão Everton Ribeiro marcou o primeiro gol da equipe carioca. Além do gol, os cartões amarelos também começaram cedo, antes do 20 minutos, um cartão para cada lado demonstrava que o jogo seria pegado. No fim do primeiro tempo, em um momento de desatenção da defesa rubro-negra, os colombianos chegaram com perigo, exigindo de Diego Alves uma defesa incrível. O primeiro tempo foi marcado por entradas duras, por um Flamengo de melhor qualidade técnica, mas, de um Atlético Junior de muita força física.


O início do segundo tempo parecia indicar que o ritmo de jogo se manteria. Logo nos primeiros minutos o árbitro venezuelano Alexis Herrera conversou firmemente com o técnico do time colombiano, Julio Comesaña, que reclamou muito da marcação de uma falta a favor do Flamengo.


Próximo aos sete minutos, em mais um momento de pressão, o Flamengo teve duas grandes chances, mas o gol não saiu. O clube da Colômbia também pressionou e em um contra ataque rápido exigiu mais uma grande defesa de Diego Alves, ainda que Téo Gutierrez estivesse impedido no momento da finalização. Aos 18, em cobrança de escanteio, Cetré ficou com a bola e assustou novamente o Flamengo. Logo em seguida, em grande lançamento de Everton Ribeiro, Gabriel avançou, mas foi travado no momento certo pela defesa.


Apesar da pressão imposta durante alguns minutos pelo clube colombiano, em outro contra ataque muito bem executado pelo rubro-negro carioca, Gabriel lançou em velocidade para Michael, que dominou e tocou para Everton Ribeiro marcar novamente, com categoria, aos 33 minutos do segundo tempo. Já nos acréscimos, Téo Gutierrez diminui para o Junior Barranquilla. O jogo terminou com a vitória do Flamengo por 2 a 1.


Com o resultado, o Flamengo emplacou os três pontos, mas assumiu a segunda colocação no Grupo 1, devido ao saldo de gols. O clube carioca recebeu quatro cartões amarelos durante a partida: o goleiro Diego Alves, os laterais Filipe Luís e João Lucas, e o atacante Gabriel. Na próxima semana, o Flamengo recebe o Barcelona de Guayaquil, no Maracanã.


Além do futebol, outro fato que chamou atenção durante a passagem do Flamengo na Colômbia foi a relação de Gabriel, grande ídolo do time carioca, com a torcida do clube colombiano. Ainda no aquecimento, antes do jogo, Gabriel presentou um pequeno torcedor com sua camisa, levando o menino às lagrimas. No fim da partida, outro menino colombiano invadiu o gramado e correu na direção dos braços do atacante rubro-negro, que tirou não só a camisa, mas também as chuteiras, e presentou o emocionado torcedor, nos provando mais uma vez, que futebol nunca será só um esporte.

0 comentário

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle