Flamengo exerce a opção de compra dos direitos de Pedro

Atualizado: Jan 16

Decidido! A diretoria rubro-negra comunicou na noite da última terça-feira (8), que vai executar a opção de compra dos direitos econômicos do atacante Pedro. O clube carioca tinha até amanhã, quinta-feira (10), para comunicar sua decisão à Fiorentina.


Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

O valor acertado pelo atacante será de 14 milhões de euros, que o Flamengo não vai desembolsar de uma só vez. O pagamento será feito através de seis parcelas, de aproximadamente 2,3 milhões de euros e serão pagas duas parcelas a cada ano, começando já em 2021 e terminando em 2023. O clube informou que o valor das parcelas já estava nos planos orçamentários de 2021 e não vai comprometer o planejamento da nova temporada, ademais, o clube pretende vender alguns jogadores que não apresentam o rendimento esperado para amenizar a folha salarial do Flamengo e também para gerar caixa para a compra do atacante.


O contrato assinado por Pedro será de cinco anos, e os valores referentes ao salário do atacante já tinham sido definidos desde seu empréstimo, quando ambas as partes assinaram uma espécie de pré-contrato, já demonstrando a intenção do Flamengo de comprar o jogador.


Há dois meses o clube carioca tentava negociar com a Fiorentina prazos maiores ou parcelas mais baixas, mas nada feito da parte dos italianos. Porém, nos corredores do clube a decisão de execução da preferência pela compra já era certa.


O atacante vem fazendo uma temporada incrível pelo clube: artilheiro da equipe com 20 gols em 39 partidas e, além disso, a convocação para a seleção brasileira. Porém, o desejo do Flamengo de ter Pedro vem antes mesmo do jogador ser comprado pelo clube italiano. Em junho de 2019, o Flamengo tentou comprar o atacante do Fluminense por 10 milhões de euros, seguido por uma proposta de 12 milhões de euros, mas nada feito. O clube das laranjeiras optou pela venda para a Fiorentina, em setembro do mesmo ano.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo