• Stephany Locatelli

La Liga: confira seis curiosidades da competição

Atualizado: Jul 24

O Campeonato Espanhol tem como maiores campeões a dupla Real Madrid e Barcelona e por vezes é considerado o campeonato de menor competitividade entre as grandes ligas. A competição voltou depois de quase três meses parada por conta da pandemia do novo coronavírus. No dia 11 de junho, última quinta-feira, o clássico Sevilla e Bétis retomou o início da competição no país europeu. E como em outros países, os jogos estão sendo disputados com portões fechados.


E os líderes da competição entram em campo nesse final de semana. O Barcelona, líder com 58 pontos, enfrenta o Mallorca, com 25 pontos na 18° posição, fora de casa neste sábado (13). E o Real Madrid na segunda colocação com 56 pontos recebe o Eibar, que tem 27 pontos e ocupa a 16° posição, no domingo (14).


Barcelona foi o campeão da última edição 2018-19 - Reuters

Surgimento:

o Campeonato Espanhol surgiu em 1929, e desde a primeira edição a dupla espanhola Real e Barça já davam sinal da história que construiriam no futuro. O time catalão foi o primeiro campeão, enquanto os merengues ficaram com o vice-campeonato. A competição não foi realizada entre 1936 e 1939 por conta da Guerra Civil Espanhola, mas com exceção desses anos é realizada anualmente. O campeonato foi organizado pela Real Federação Espanhola de Futebol até 1984, quando surgiu a Liga de Futebol Profissional (LFP).


Formato:

A competição é disputada no formato de pontos corridos, onde os times jogam no sistema de turno e returno. São vinte times competindo.


Nove clubes levantaram a taça

Já tivemos 86 edições da competição e apenas nove equipes foram campeãs. O maior campeão da “Liga das Estrelas” é o Real Madrid com 33 títulos, em segundo vem o Barcelona com 26 e fechando o pódio o Atlético de Madrid com 10 títulos conquistados. Os outros seis times são: Athletic Bilbao (8 vezes), Valencia (6 vezes), Real Sociedad (2 vezes), Lã Coruña, Sevilla e Betis (os três últimos uma 1 cada). Apesar dos números do Real, neste século XXI o clube catalão tem vantagem: em 19 edições foram 10 conquistas contra 6 do arquirrival.


Maior goleada

O Barcelona possui um ‘título’ nada agradável. Apesar da sensação que é a equipe catalã, o time amarga o posto de maior goleada sofrida na história da competição. É certo que foi há muito tempo, mas na temporada 1930-31, em confronto com o Athletic Bilbao na lendária “La Catedral”, o time voltou para casa com um placar de 12 a 1 na bagagem. E a segunda maior goleada também foi em cima do Barça, dessa vez protagonizada pelo Sevilla em 1940, foram 11 a 1.


Maior artilheiro

Lionel Messi é o maior artilheiro do Campeonato espanhol superando os 400 gols, Cristiano vem logo atrás com 311 gols marcados, Telmo Zarra fecha o pódio com 251 gols. Raúl e Alfredo di Stéfano aparecem na sequência com 228 e 227 gols respectivamente. O recorde de gols em uma temporada do Campeonato Espanhol também pertence ao argentino: na temporada 2011-12 o camisa 10 marcou 50 gols. Três anos depois, Cristiano Ronaldo quase alcançou essa marca, mas parou nos 48 gols.


Jogador que mais venceu

O jogador que mais venceu o Campeonato Espanhol foi Francisco Gento com 12 títulos. Lionel Messi, com a conquista da temporada 2018-19, o craque já soma 10 taças da competição, um recorde no Barça.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle