Libertadores Feminina: Colo-Colo quebra a hegemonia brasileira e conquista a taça em 2012

A quarta edição da Libertadores Feminina foi a primeira a ser realizada fora de São Paulo. A competição que reuniu 12 times aconteceu em Pernambuco, tendo os jogos sendo realizados em Recife, Caruaru, Vitória de Santo Antão.


Campeão inédito, o Colo-Colo iniciou a sua trajetória compondo o grupo C, garantindo a classificação às semifinais com a segunda melhor campanha, atrás do time brasileiro, Vitória das Tabocas.


No mata-mata, as chilenas enfrentaram novamente o Vitória das Tabocas. Em uma partida movimentada e marcada por sete gols. O Colo-Colo abriu vantagem de dois gols que foram marcados por Miku e Araya. As brasileiras descontaram com Chu, mas as chilenas voltaram a balançar as redes com Aedo. Thais marcou dois gols e empatou: 3 a 3. Mas Villamayor decretou a classificação do Colo-Colo. A final foi diante do Foz Cataratas que venceram o São José nas penalidades.


No duelo entre brasileiras e chilenas, um jogo disputado e com destaque das goleiras, que impediram os gols. Com o empate em 0 a 0, a campeã foi conhecida nos pênaltis. As brasileiras converteram com Bia e Andressa Alves - já Nenê e Rilany desperdiçaram as suas cobranças. O Colo-Colo converteu as quatro cobranças com Soto, Francisca, Araya e Villamayor confirmou o título.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle