• Giulia Prata

Nas costas de Dome: Flamengo toma goleada e torcida não perdoa técnico

A noite da última quinta-feira (17) não foi nada agradável para os flamenguistas. O clube carioca comandado por Domènec Torrent protagonizou a partida que pode ser considerada a mais desastrosa dos últimos tempos.


Flamengo viajou para Quito, no Equador, para disputar a terceira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores contra Independiente del Valle, no estádio Casa Blanca, mas o resultado fez surgir o questionamento se o time que estava em campo era realmente o atual campeão da Libertadores. O final do jogo com o placar de 5 a 0 para o time equatoriano foi a gota d’água para muitos torcedores, o que gerou duras críticas à Domènec Torrent.


(foto: Getty Images)

Após um ano brilhante, com muitas conquistas, títulos e um futebol para ninguém por defeito, ver o time apático dentro de campo, sofrendo uma goleada sem conseguir reagir e Dome fazendo substituições erradas, realmente não é nada fácil de digerir. Para uma torcida que até hoje não superou a saída de Jorge Jesus, o péssimo desempenho do time aumentou ainda mais a insatisfação com o novo técnico.


Há 11 jogos como técnico do Flamengo, Dome tem, até então, 51,5% de aproveitamento, sendo cinco vitórias, dois empates e quatro derrotas. O número de jogos perdidos do rubro-negro no comando de Dome é o mesmo dos resultados negativos de Jorge Jesus em toda temporada no Flamengo.


Para o Flamengo, mais do que uma derrota, um vexame. Para o Independiente, mais do que uma vitória, foi um baile. Resultado merecido e a ser comemorado pelos equatorianos, afinal, golear e jogar 90 minutos com um nível muito superior ao atual campeão da América é mesmo um grande feito.


Mas uma coisa é fato, não se deve colocar toda a culpa no atual técnico do Flamengo. Com o jogo de ontem ficou muito clara a má fase dos jogadores e a falta de vontade de correr atrás da bola em busca de um resultado menos vergonhoso. É claro que é preciso considerar as decisões equivocadas e as estratégias falhas de Domènec, mas é necessário dividir as responsabilidades e buscar a evolução do time de uma forma geral, equipe, jogadores e comissão técnica.


Na próxima terça-feira (22), o clube rubro-negro terá nova chance de melhorar sua situação na disputa pela Copa Libertadores. Ainda no Equador, o Flamengo joga contra o Barcelona de Guayaquil, no estádio Monumental, às 19h15, pela quarta rodada do campeonato.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle