• Gabriélen de Oliveira Marques

O adeus de Everton no Grêmio pode estar perto

Atualizado: Jul 24

Napoli tenta negociar com o jogador e a venda de Cebolinha

pode ser uma das maiores do clube


O fim de Éverton Cebolinha no Grêmio pode estar cada vez mais perto já, que o clube gaúcho autorizou o Napoli a negociar um valor pelo jogador. O preço estipulado pelo clube brasileiro antes da pandemia era vender o jogador por 40 milhões de euros, mas agora, o Tricolor pede um valor de 30 milhões de euros para abrir negociações - o equivalente a R$ 182 milhões de reais.


O motivo além do impacto do Coronavírus, é da desvalorização do real frente ao euro. O presidente Romildo Bolzan afirma que as próximas negociações não terão a mesma valorização de antes.


Mesmo com um valor menor que o previsto, Éverton pode ser a maior venda da história do Grêmio, ultrapassando o Arthur, que foi vendido ao Barcelona em 2018 por R$ 142 milhões de reais.


Os italianos não são os únicos a observar o futebol do jogador, mas o pai de Cebolinha em uma entrevista à rádio Gaúcha, revela que o Napoli procurou e apresentou um projeto, assim o Grêmio receberá uma proposta em breve.


O Tricolor tem 50% dos direitos do jogador, e caso a venda aconteça, o possível substituo de Éverton será Pepê. Mesmo que os valores sejam abaixo do esperado, o presidente Romildo já disse em entrevistas que por necessidade, o clube precisará vender algum jogador nesta janela, e muito provável que seja o Éverton Cebolinha, o que falta agora, é a confirmação da proposta oficialmente.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle