O chute de direita que marcou o Iniestazo

Atualizado: Jul 24

Os torcedores do Barcelona viveram uma noite mágica em 6 de maio de 2009. Após empatar sem gols no Camp Nou, o Chelsea recebeu o time catalão para o jogo de volta das semifinais da Champions League.


Com o Stamford Bridge pintado de azul, os blues pressionaram os visitantes. Mesmo com a maior posse de bola, os catalães encontraram dificuldades de marcar o seu gol. Já os ingleses, balançaram as redes aos 9 minutos. Depois de uma tentativa de cruzamento por Lampard, a bola sobrou para Essein que marcou um golaço.


Mesmo atrás do placar, o Barça manteve-se atento a partida e chegava com perigo. Mas encontrava pela frente o gigante Cech que realizou belíssimas defesas e salvou o Chelsea. Do outro lado, os torcedores do Chelsea estavam indignados devido a arbitragem, onde três pênaltis duvidosos não foram marcados ao favor dos mandantes.


Os acréscimos que inflaram o duelo

Enquanto o Chelsea levava perigo ao gol de Valdés. O também goleiro, Petr Cech mostrava que era necessário um milagre para que a rede pudesse balançar ao favor dos catalães. Mas quando o árbitro noruêgues, Tom Henning Overbo, fez menção aos acréscimos a atmosfera do Stamford mudou.


Os torcedores mudaram a sua feição. Alguns entrelaçaram os dedos. Outros, olhavam atentamente o ataque que foi criado pelos visitantes. Aos 97 minutos, Daniel Alves avançou pela ponta direita, John Terry não conseguiu afastar e a bola sobrou para Eto'o. O atacante não conseguiu dominar, e o seu marcador também errou. Era como se os Deuses do Futebol conspirassem para que Messi fosse o protagonista de mais uma história.


O camisa 10 estava sendo marcado por três jogadores. Buscando o espaço perfeito para arriscar o chute, Messi conseguiu enxergar o que ninguém havia visto: Iniesta estava dentro da meia lua, sem marcação. O craque argentino cruzou e com a mira apontada, Iniesta mandou um foguete com a perna direita. Era o gol que classificafa o Barcelona a mais uma final da Champions League - onde iria enfrentar o Manchester United em Roma.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle