• Heloisa Gutierrez

O significado de um gesto

O momento mais esperado e importante dos jogos são, às vezes feios ou bonitos: os gols. Todo mundo anseia pelo segundo, em que aquela bola chacoalhará aquelas redes, trazendo um misto de emoções para torcidas diferentes. A emoção dos jogadores é tanta e aquele minuto é tão valioso, que desde a muito tempo atrás, os craques têm o seu jeitinho especial de marcá-los e comemorar.


Os tipo de comemorações são os mais variados e incontáveis. Têm os futebolistas que preferem as clássicas e tradicionais, como aquela simples levantada de dedo à boca fazendo um isonoro "shiii" para calar o rival ou a própria torcida que julgava o atleta. Tem também a homenagem de por a bola em sua barriga, para fazer referência a sua mulher que está esperando um bebêzinho.


Quando falamos de comemoração não tem como não lembrar de Gabriel Jesus, fazendo um hangloose e em seguida dizendo o seu bordão "alô mãe", ou se não, do poderoso Cristiano Ronaldo declamando o: "eu estou aqui!" Das mais recentes, tem a "fusão" dos atletas do Flamengo, Bruno Henrique e Gabigol. Além da famosa posição de ioga feito por Haaland. Não tem como esquecer da polêmica tomada de chá de Alex Morgan, jogadora da seleção dos Estados Unidos em meio a Copa do Mundo Feminina de 2019.


Jogadoras do São Paulo e Minas realizam protesto em apoio ao movimento Vidas Negras Importam (foto: Anderson Rodrigues)

Seja para provocar, homenagear ou apenas vibrar com o momento, as comemorações estão aí e cada um pode usar do jeito que quiser. O fato é que recentemente, alguns desses gestos tem tido muito mais simbologia e importância. Com o assassinato de George Floyd, em maio nos Estados Unidos, se iniciou uma onda de manifestações e revolta contra o racismo, a frase Black Lives Matter ('Vidas Negras Importam' em português) ficou conhecida e sendo utilizada em diversos cartazes, portais e também estampadas em camisas, tais peças que foram utilizadas por jogadores em diversas partes do mundo como símbolo de apoio.


Além das roupas, se ajoelhar e erguer o punho como forma de resistência ficou comum entre os atletas não só de futebol mas como o esporte ao lado: basquete. Depois de meses do assassinato, a frase que está sendo muito utilizada agora é 'Black lives still matter', que em tradução livre significa "vidas negras continuam importando", para deixar claro que tudo o que aconteceu teve uma importância mundial e que não foi apenas uma "moda", ou que só aquilo bastou para acabar com todo o racismo enraízado em todas as sociedades.


Aubameyang homenageia Chadwick Boseman (foto: REUTERS/Justin Tallis)

O último acontecimento que deixou não somente os jogadores abalados, mas como toda uma comunidade, foi a morte do ator Chadwick Boseman - intérprete do Pantera Negra. O falecimento causou grande comoção, pois Boseman não foi apenas um ator, foi extremamente simbólico dando vida ao primeiro super-herói negro da história dos filmes. Muitos atletas se sensibilizaram e ontem (29), começaram a fazer em suas comemorações o gesto marcante do Pantera Negra para homenageá-lo.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle