• Bruna Porto

O sonho continua



Foto: Victor Lannes


Depois da vitória diante do time do Confiança em 2020, nós, torcedores começamos até sonhar em sair da Série B. Afinal, eram apenas 6 pontos que nos separava do G4. Mas aí 2021 chegou, 32° rodada também e junto um empate amargo contra a Chapecoense na Arena Condá no último domingo (3). Amargo, pois mesmo sendo um time que está no topo era um jogo que tinha tudo pra um dos lados sair com 3 pontos e esse time era o Brasil.


O primeiro tempo foi de muito marcação da parte Xavante e as chances abrir o placar mas elas acabaram vindo para um jogador bem limitado e que nas redes sociais foi muito criticado. Dellatorre, perdeu dois gols feitos. Mesmo a Chape tendo mais posse de bola, eles não apresentaram muito perigo. Mas estamos até agora pensando nesses dois gols perdidos. Anselmo Ramon marcou para o time da casa mas o gol estava impedido e foi muito bem marcado.


Já no segundo tempo mais precisamente aos 33 minutos o susto veio, Foguinho finalizou certinho mas o nosso zagueiro Hérveton tirou em cima da linha. Por sinal, ele foi considerado o melhor em campo depois de nos salvar. A postura da Chapecoense mudou totalmente na reta final, mais ofensiva, com mais toque de bola, enquanto o Brasil continuava morno. Mas pelo menos voltamos para Pelotas com um 1 ponto na bagagem.


Com isso o Brasil vem de uma sequência de 4 jogos sem perder e ocupa da 10° colocação na tabela com 44 pontos. O próximo confronto do time Rubro-Negro é nesta próxima sexta-feira (8), diante do Avaí às 16h no Estádio Bento Freitas em Pelotas.


Ficha técnica

Chapecoense 0 x 0 Brasil de Pelotas.

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC).

Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ).

Cartões amarelos: Roberto (Chapecoense); Matheus Oliveira (Brasil-RS).


Chapecoense: João Ricardo; Matheus Ribeiro, Felipe Santana, Derlan e Roberto; Anderson Leite (Foguinho), William Oliveira (Alan Santos) e Aylon (Denner); Mike (Felipe Garcia), Anselmo Ramon e Paulinho Moccelin (Bruno Silva). Técnico: Umberto Louzer


Brasil-RS: Matheus Nogueira; Felipe Albuquerque (Rodrigo Ferreira), Diego Ivo, Héverton e Alex Ruan (Bruno Santos); Bruno Matias, Sousa, Pablo (Rafael Vinicius) e Matheus Oliveira (Thalles); Dellatorre e Matheusinho (Luiz Henrique). Técnico: Cláudio Tencati.



0 comentário

Posts recentes

Ver tudo