• Alícia Soares

PSG atropela o RB Leipzig e é o primeiro finalista da Champions

O Paris Saint Germain vai à final de uma Champions pela primeira vez da sua história

Sem Icardi e Navas, o PSG teve o domínio durante toda a partida e não deixou o Leipzig jogar. Em dia de #NeyDay, Neymar tem participação relevante na partida, mas não marcou gols. Os jogadores marcadores foram Marquinhos (aos 13 minutos), Di Maria (aos 42 minutos) e Bernat (aos 11 minutos do 2º tempo) e Di Maria foi o melhor em campo com um gol e duas assistências.


O início de jogo foi marcado por chances muito boas por parte dos dois times: aos seis minutos do primeiro tempo, um gol de Mbappé foi anulado após mão na bola de Neymar. Porém, não demorou muito para o PSG marcar: aos 12 minutos, após cobrança de falta de Di Maria, Marquinhos abriu o placar para o Paris: RB Leipzig 0 a 1 PSG.


Em consequência, após o gol, o PSG continuou pressionando a defesa do RB Leipzig, com várias chances de Mbappé e de Neymar. Aos 25 minutos, uma quebra por parte de Poulsen, que após receber passe de Laimer finalizou para fora. Por pouco não entrou na meta.


Com pressão forte do time francês, não demorou muito para o segundo gol sair: aos 41 minutos, após erro de passe de Gulacsi, Herrera lançou a bola para Neymar na área, que dá um toque de letra para Di Maria que só empurra para o gol. Intervalo: RB Leipzig 0 a 2 PSG.


No segundo tempo, após a necessidade de correr atrás do prejuízo, o RB Leipzig mantém uma maior posse de bola comparada a do primeiro tempo, com tentativas de Forsberg e Angeliño. Porém, tais esforços não foram páreos para a individualidade do time parisiense: aos 10 minutos, após cruzamento de Di Maria, Bernat cabeceou para o gol e Neymar ainda dá um toque na bola, mas o gol foi computado para o espanhol e confirmado pelo VAR: RB Leizpig 0 a 3 PSG.


Após o terceiro gol do Paris, Sabitzer esteve mais presente nas jogadas ao gol, entretanto, já não era mais suficiente para a virada. Mbappé também teve várias chances de deixar o dele na partida, mas Gulácsi estava de olho no francês. Da metade da segunda etapa até o final, o RB Leipzig pressionou a defesa do PSG com algumas chances, a maioria salva pelo goleiro espanhol Sergio Rico ou pela própria trave. Final de jogo: RB Leipzig 0 a 3 PSG.


Com direto até a escorregão do Neymar, o PSG se classifica para a final da UEFA Champions League pela primeira vez em sua história após vencer o RB Leipzig por 3 a 0. Seu adversário será definido na partida de amanhã entre Lyon e Bayern München. E aí, quem você acha que vai faturar essa Orelhuda? Conta pra gente!

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle