• Alícia Soares

Quatro vezes Giroud

De quase dispensado pelo clube a essencial no elenco, Olivier Giroud prova que ainda tem muito futebol a mostrar aos torcedores


Giroud marcou quatro gols na vitória contra o Sevilla fora de casa

Olivier Giroud marcou nada mais nada menos que quatro gols na partida de ontem entre Chelsea e Sevilla no Estádio Ramón Sánchez Pizjuán, na Espanha. Apesar de os dois times já estarem classificados para as oitavas de final da UEFA Champions League, o confronto valia a liderança do grupo E. E para quem pensou que seria um jogo difícil com as duas equipes buscando as chances, se enganou após esse placar elástico.


Os dois clubes jogaram com suas equipes praticamente reservas e a zaga escalada do Chelsea causou certo desconforto e apreensão de seus torcedores: o goleiro Edouard Mendy era o único titular da defesa. No lado do Sevilla, a defesa era a titular, com a mudança do goleiro Bono para o Alfonso Pastor. Embora a posse de bola tivesse sido dominante do Sevilla, 55% para os espanhóis e apenas 45% para os ingleses, o jogo foi definido por um francês em específico: Olivier Giroud.


Giroud marcou 10 gols na temporada 2019-20

O jogador é considerado o terceiro da sua posição no clube - atrás de Timo Werner, que chegou ao Chelsea por 53 milhões de euros, e de Tammy Abraham, cria da base - mas mostra que tem muito a contribuir para a equipe Blue. Na temporada passada, o francês foi essencial na campanha em busca da vaga de acesso à Champions League 2020-21, marcando em oito dos últimos 13 jogos, entre eles, contra Tottenham, Everton e Liverpool.


Nesta temporada, ainda não conseguiu muito espaço devido à chegada badalada de Timo Werner, jogador que ainda está se adaptando ao futebol inglês e que tem perdido muitos gols. Além dele, Tammy Abraham foi um jogador primordial também na temporada anterior, marcando 15 gols e dando quatro assistências e, por isso, também tem seu lugar reservado nas preferências do técnico Frank Lampard.


Giroud foi campeão pela França em 2018

Na França, Giroud teve passagens por Grenoble, Istres, Tours e Montpellier. Pelo último, foi artilheiro do campeonato e principal jogador da campanha do título da equipe na Ligue 1 2011-12. Após isso, foi transferido para o Arsenal por 12 milhões de euros. Pelos Gunners, conquistou três Copas da Inglaterra e três Supertaças. Em 2018, o Chelsea contratou o jogador por 17 milhões de libras. Pelo clube, conquistou uma Copa da Inglaterra e uma Europa League, tendo sido o artilheiro da competição europeia com 11 gols. O jogador também é campeão do Mundo pela França em 2018.


Vale ressaltar da dificuldade de jogadores camisas 9 se adaptarem e se destacarem na equipe londrina. Exemplos que provam isso são Hernán Crespo, Fernando Torres, Falcão Garcia e Álvaro Morata (inclusive, o francês foi contratado exatamente para dar apoio ao espanhol). Ao contrário deles, Olivier Giroud vem mostrando a sua importância em compor o elenco de Frank Lampard e, mesmo tendo pouco tempo de jogo, faz a diferença em jogos importantes como foi ontem contra o Sevilla.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle